Cursos
Programa de treinamentos


CENTRO DE TREINAMENTO EM AUDIOLOGIA


O CTA dirigido pela Audiologista Dra. Cristina Simonek conta com uma equipe de profissionais de alto nível técnico, operacional e extremamente conceituada no Rio Janeiro.
O CTA traz a marca inovadora, pioneira e pragmática de sua dirigente, criando os primeiros cursos de TREINAMENTO PROFISSIONAL EM AUDIOLOGIA.

  • Muitos profissionais após a graduação ou pós-graduação ainda não adquiriram a segurança e experiência em todos os métodos e técnicas audiológicas. A diversidade e o avanço tecnológico requerem constante treinamento e aperfeiçoamento.
  • Nossos módulos não possuem finalidade teórica - acadêmica, tendo como objetivo a prática clínica.
  • Oferecemos treinamento profissional INDIVIDUAL - PRÁTICO - INTENSIVO em diversos métodos e técnicas para instrumentalizar o Fonoaudiólogo num determinado assunto de sua necessidade.

Possuímos clínica própria e serviços em diversos hospitais.
Utilizamos equipamentos de diferentes marcas.
Agenda especial para feriados e fins de semana.



Triagem Auditiva Neonatal / Otoemissão Acústica

* Conteúdo atualizado em Agosto/2016

Duração: 8h (teórica) + 16h (prática)

  • História da Triagem Auditiva Neonatal no Brasil e no Mundo. Do chocalho as otoemissões , métodos utilizados, vantagens e limitações.
  • Entendendo porque avaliar a audição de todos os bebes ao nascimento é fundamental - Surdez Genética: Conexina 26 e Mutação 35 del G;
  • Quais os fatores de Risco para perdas auditivas (Joint Committee on Infant Hearing 2007).
  • Gênese e definição das otoemissões, otoemissões transientes (OEATE) e otoemissões por produto de distorção (DP), aplicações clínicas, vantagens e limitações.
  • Interpretação dos resultados, relação sinal ruído, amplitude mínima aceitável. O risco de aceitar as respostas dos equipamentos automáticos de passa / falha sem saber analisar os gráficos e resultados obtidos. Análise de gráficos com segurança.
  • Protocolos de avaliação para RN eutrófico e de Alto Risco - Quais os fatores de risco que precisam ser monitorados até 24 meses de idade pois apresentam risco de aparecimento tardio.
  • Programas de Triagem Auditiva Neonatal - Como garantir as 4 etapas Triagem - Diagnóstico- Protetização- Intervenção. Quais procedimentos e rotinas devem ser estabelecidas em cada etapa. Como o Fonoaudiólogo deve coordenar esse programa.
  • Estratégias de Implementação de Programas: Qual o melhor equipamento para o seu hospital, qual o melhor horário para realizar, qual o tamanho da equipe, qual o material de consumo, custos com calibração e reposição de sondas .
  • Rotinas e características de programas realizados no pós-alta hospitalar em bebes maiores a nível ambulatorial. Fatores que influenciam a falha nessa população. Como diferenciar uma alteração transitória de uma perda permanente. Como orientar os pais e pediatras.
  • Confecção de laudos, evolução em prontuários e condutas junto aos pais, pediatras e enfermeiros;
  • Análise de exames durante a Triagem e no Diagnóstico com respectivos laudos.
  • Em quais RN é preciso realizar O BERA /PEATE. Quando utilizar a Audiometria de Observação do Comportamento (Kit auditivo) na TANU. A importância da impedanciometria de alta freqüência na TANU. O uso do BERA automático na UTI Neonatal.
  • Tipos de equipamento disponíveis no mercado;
  • Os riscos do falso negativo com a Neuropatia/Dissincronia Auditiva e do falso positivo com o vérnix ou refluxo gastro esofágico. Qual a conduta correta em caso de falha?
  • Realização de exames na maternidade, aprendendo como manusear o RN, como retificar o MAE , a melhor posição da sonda, como realizar a manobra facilitadora (Simonek, MC) para diminuir os índices de falha, como minimizar a influência do ruído.

Ao final do treinamento o aluno deve estar apto a realizar com segurança o exame de otoemissão acústica evocada em Neonatos.



Audiologia Infantil

Duração: 8h (teórica) + 16h (prática)Revisão dos conceitos de Audiologia Geral e sua aplicação na Audiologia pediátrica; 

  • •Desenvolvimento auditivo no período intra-útero e neonatal;
  • • Audiometria de Observação do Comportamento: princípios, técnicas de aplicação, utilização do Kit Auditivo e avaliação instrumental, critérios de avaliação instrumental, critérios de validação de respostas, vantagens e limitações;
  • • Habilidade e experiências do audiologista pediátrico; 
  • • Audiometria do Condicionamento do Reflexo de Orientação - técnica de Suzuki e giba; •Audiometria de Reforço Visual (VRA);
  • •Audiometria Lúdica Condicionada - campo livre e com fones;
  • • Logoaudiometria Lúdica;
  • • Rotina clinica de consulta na audiometria pediátrica;
  • • Laudos e consultas;
  • • Prática: demonstração dos métodos abordados;
  • • Diagnóstico Diferencial.  

Processamento Auditivo - Testes
Duração: 8h (teórica) + 16h (prática)

  • • Processamento Auditivo Central e suas desordens - conceituação;
  • •Anátomo - fisiologia direcionada para Avaliação do PAC;
  • • Testes específicos realizados com estímulos verbais e não verbais em atividades dióticas, monóticas e dicóticas visando a Avaliar o Processo Auditivo Central: fala com ruídos, fala filtrada e fusão biaural, PSI, SSI, consoante vogal de escuta direcionada, escuta com dígitos, não verbal de escuta direcionada, sons ambientais competitivos e SSW;
  • •Análise dos resultados - confecção e discussão de laudos;
  • • Identificação quanto ao tipo e o grau;
  • • Análise das queixas / sintomas do paciente e os achados nos exames;
  • • Prática: treinamento em audiômetro de dois canais, realizando a bateria de testes do Processamento Auditivo Central.  


Processamento Auditivo - Terapia
Duração: 8h (teórica) + 16h (prática)

  • • PAC - conceituação;
  • • Leitura e explicação de laudos;
  • • Análise dos sintomas e dos exames 
  • • Principais objetivos da terapia - foco principal;
  • • Treinamento da compreensão de linguagem na presença de ruídos e no silêncio; 
  • • Treinamento auditivo - treinamento das habilidades auditivas: detecção, discriminação, recolhimento e compreensão;
  • • Distúrbios de aprendizagem; 
  • • Quando solicitar exame. 


BERA - Audiometria de Tronco Cerebral
Duração: 8h (teórica) + 16h (prática)Conceituação;

  • • Aplicação;
  • • Equipamentos e seus componentes; 
  • • Preparação para exames; 
  • • Achados do BERA: sensibilidade, especificidade, morfologia da onda, latências e amplitude das ondas, parâmetros de medida; 
  • • Vantagens e desvantagens do exame; 
  • • Análise dos resultados; 
  • • Laudos, conclusão e condutas; 
  • • Discussão de laudos clínicos; 
  • • Realização de exames. 
  •  

Áudio Ocupacional
Duração: 8h (teórica) + 16h (prática) 

  • • Critério de risco; 
  • • Métodos de avaliação e ambiente de teses; 
  • • Proteção auditiva; 
  • • Manutenção dos registros; 
  • • Aplicação prática e análise da Portaria 19 Ministério do Trabalho; 
  • • Diretrizes e parâmetros mínimos para controle da audição em trabalhadores expostos a altos níveis de pressão sonora; 
  • • Análise de resultados; 
  • • Confecção de laudos e condutas; 
  • • Discussão de casos clínicos; 
  • • Prática no audiômetros; 
  • • Exercícios com confecção de laudos.


Áudio Clínica
Duração: 8h (teórica) + 16h (prática)

  • Noções de anátomo - fisiologia da audição
  • • Audiometria Tonal e Vocal;
  • • Tipos e grau das perdas auditivas e configurações;
  • • Mascaramento;
  • • Imitanciometria;
  • • Laudos e condutas;
  • • Discussão de caso;
  • • Prática: realização das avaliações apresentadas;
  • • Exercícios com confecção de laudos. 


Prótese Auditiva
Duração: 8h (teórica) + 16 (prática)

  • Revisão dos conceitos de audiologia geral e sua aplicação na indicação de aparelhos;
  • Tipos de próteses auditivas: retro-auriculares, intra-auriculares, intra-canais, CIC em haste de óculos, convencionais ou de caixa, cross, by cross e por via óssea;
  • Componentes dos aparelhos; 
  • • Medição das características eletro-acústicas do aparelho;
  • Adaptação em bebes;
  • Avaliação do ganho do AASI via automática;
  • Próteses auditivas direcionais; 
  • Modificações e ajustes nos AASIs: utilização e leitura de fichas técnicas de diversos fabricantes. 
  • Moldes auditivos: retirada do pré-molde, tipo de material e técnica utilizada;
  • • Indicação e seleção do AASI;
  • • Adaptação do AASI, aconselhamento e orientação; 
  • • Comercialização dos aparelhos e os sistemas de amplificação coletivos;
  • • Prática: utilização do programa "NOAH" no computador.

                                            Crie seu módulo!

                     Email: surdez@surdez.com.br                             


                             Tel: 21 2225 2668